10341559_315478835275814_529968673629706411_n

 

Os dois filhos de Steven Curtis Chapman (e não de Francisco) mandaram muito bem ao vivo para a VH1’s Big Morning Buzz Live. Tocando a canção-chiclete “Silhouettes”, os caras da Colony House (ex-Caleb) mostraram muito potencial para estarem no top 10 de muita gente este ano. Se você ainda não conhece, clica AQUI e divirta-se.

 

 

Sobre o Autor

Modernizar o passado é uma evolução musical. (8)

Posts Relacionados

  • Gustavo dos Anjos

    Acredito que When I Was Younger foi o melhor álbum de 2014, muito embora ele tenha sido lançado quase no fim ano.
    Os arranjos estão ótimos e as letras também e eu vi um pouquinho de diferença de quando eles eram Caleb. O To Ends Of The World era bem mais intimista e tímido e não variava muito a pegada das músicas. Nesse eles arrebentaram logo de início com Silhouettes e acredito que vão alcançar muita gente com Learning How To Love!

    • Alesson Gois

      Pode crer, bicho. Esse disco é altamente viciante. Os caras não se intimidaram em experimentar. Do pop de “Silhouettes” e “Roll With the Punches” a baladinha de “Learning How To Love”, sem falar no peso de “2:20”. 😀

      • Gustavo dos Anjos

        Mano, eu simplesmente acho Roll With The Punches a melhor do disco! Uma pena que ela não é muito divulgada. Eu imagino que ela deve ter uma pegada bem psicodélica nas apresentações ao vivo. E concordo quando você disse que o álbum é muito viciante. Ele não sai da minha playpor nada. rs

        Colony House em terras brazucas já!

        • Alesson Gois

          Aham, não só a faixa, como a banda no geral. Acho que ela não cairá no gosto do grande público, mesmo sendo filho de quem é. Masss já tô na expectativa de um novo disco hehe. E, sim, CH no Brasil! o/