10177870_780649421965519_831085312934684534_n

Fãs de bandas como Pacific Gold, Canopy Climbers e Copeland certamente irão gostar de Rivers And Robots.

Eles nasceram como um projeto solo de worship, mas atualmente vivem integralmente como missionários na ONG deles chamada Set Sail que tem como proposta “tornar Deus conhecido através da adoração criativa”.

Britânicos que são, fazem um rock alternativo muito bom. No entanto, seguem a linha mais “light”, mais “lounge” do gênero. Misturam a sua proposta, o worship e o pop na medida certa. O resultado é algo orgânico e cativante. Um verdadeiro frescor aos ouvidos mesmo não sendo a representação da originalidade no estilo.

O trabalho mais recente é “The Eternal Son”, lançado em 20 de maio.

Apesar de Você ser infinito em sabedoria, forte e poderoso, você ainda me chama seu amigo. Mesmo você estando sentado nos céus, o rei sobre a criação, ainda me chamas de seu amigo.

– Faixa You Know My Name.

 

 

A banda já lançou:

The Eternal Son, 2016 [Set Sail Records]
Live at the Mill, 2015 [Set Sail Records]
All Things New, 2014 [Come&Live!]
O Come, O Come Emmanuel digital single, 2012 (independent)
Take Everything, 2012 [Come&Live!]
The Great Light, 2011 (independent)

 

Rivers & Robots é:

Jonathan Ogden – Vocal, Teclado, Guitarra, Sintetizadores
David Hailes – Guitarra, Vocal
Nathan Stirling – Baixo, Vocal
Kelani Koyejo – Bateria