Gravadoras – mesmo aquelas entre uma variedade cristã – são notórias por assinar e promover atos para simplesmente alcançar um público mais jovens. Adolescentes, apesar de tudo, fazem downloads de músicas, compram produtos oficiais de suas bandas favoritas e frequentam os shows, além de movimentar as redes sociais. Bandas são frequentemente comercializadas para refletir sobre o que que está tomando lugar na cultura jovem – bom ou ruim.

Nascido do vibrante ministério jovem que lançou os gigantes do worship Hillsong United, o Hillsong Youg & Free tem a esperança de apontar às pessoas algo que a cultura jamais poderia.

“Nós decidimos chamar isso de ‘Young & Free’ porque o tema da nossa juventude era ‘quão incrível seria para essa geração ser marcada pela liberdade encontrada em Jesus Cristo?’”, diz Laura Toggs, que dirige a escola de ensino médio do ministério jovem na Hillsong Church com seu marido, Peter, e é filha dos pastores sêniors Brian e Bobbie Houston. “Liberdade pode ser má interpretada como fazer o que quiser quando quiser, mas ao invés disso, é saber que a verdadeira liberdade vem de conhecê-Lo e tem um relacionamento com Ele.”

Obviamente, a música do Hillsong Young & Free é diferente. A faixa-título do EP This Is Living – que conta com a participação do Lecrae – e “Energy” são hinos de adoração que pulsam com batidas de pop dance. Músicas como “Pursue” e “Sinking Deep”, entretanto, reforçam o que o Hillsong United consolidou: as melhores músicas de louvor e adoração a Deus que repetidamente declaram o quão maravilhoso Ele é.

“Eu acho que em termos espirituais, é basicamente o mesmo, porque somos um só time,” Laura diz sobre a influência do United. “Eles progrediram de um passado no ministério jovem, então eles são alguns dos nossos maiores exemplos e mentores.”

Esse artigo pode ser encontrado em sua versão original no site da Relevant Magazine. Tradução livre.

Sobre o Autor

Estudante de Direito, amante de música, livros e séries.

Posts Relacionados