Como a maioria de vocês sabem, a banda sueca Narnia esteve recentemente no Brasil em uma pequena turnê de divulgação do álbum homônimo lançado em 2016, a turnê foi nomeada de “I Still Believe”, a produção do       s shows ficou por conta da EV7 Live, uma empresa muito competente que tem mudado a cara do circuito de shows no Brasil, principalmente em BH. Eles estiveram nas principais cidades do pais e encerraram a turnê com um show em Belo Horizonte onde também aconteceu a gravação do próximo DVD da banda, que irá registrar os melhores momentos dessa turnê e claro, o show de BH na integra.

Nosso amigo baruque esteve no show em Recife e já deixou aqui no site um belíssimo review desse encontro épico lá pelas bandas do Nordeste, e como não poderia deixar de ser, eu estive no show de Belo Horizonte e gostaria de deixar um pequeno registro do que aconteceu naquela noite memorável.

O show aconteceu no dia 30 de Abril na casa de shows “Granfinos” situada na região central de BH. O evento contou com duas bandas de abertura, a primeira delas foi a Sunroad, banda de Goiás que acompanhou a turnê com o Narnia em mais algumas cidades. Bom, o show da Sunroad foi bacana, apesar de achar que eles tinham mais pose do que som, é uma boa banda, estão começando e creio que com o tempo vão encontrar sua própria identidade e deixar um pouco das referências visuais de Guns e Poison de lado. Vale ressaltar a boa presença de palco e carisma do vocalista, se seguirem firmes e com humildade, os veremos por ai em breve.

Banda Sunroad

A segunda banda de abertura foi a conhecida banda Allos com seu imponente Power Metal. Foi uma felicidade imensa ver esses caras tocando no mesmo palco do Narnia. Já os acompanho a muitos anos e lembro me bem de vários shows onde vi eles executarem com extrema técnica e propriedade covers do próprio Narnia e até mesmo do Divinefire, então foi como que a coroação por vários e insistentes anos no cenário underground cristão. O som não estava lá grandes coisas, achei mal mixado no ‘PA’, mas de qualquer forma foi muito bom e isso acaba não sendo culpa da banda.

Banda Allos

E enfim, as 21 horas e alguns minutos a banda mais esperada dos últimos anos subiu ao palco. Lá estavam eles, NARNIA!!!!!

Por se tratar da gravação de um DVD, fomos avisados antes do início do show para evitar tirar fotos e gravar vídeos já que não faz muito sentido sair na imagem um bando de zumbi com telinhas acesas sem interagir da maneira correta com a banda, e eu achei correta essa postura. Apesar de que claro, tirei algumas fotos, jogo rápido, só pra mostrar aqui pra vocês rsrs.

O repertório foi o mesmo executado nos outros shows da Turnê. A experiência em si foi incrível, o som estava agradável (claro que um engenheiro de áudio da banda assumiu nesse momento e isso fez toda diferença, de 0 a 100 em 4 segundos), a iluminação estava simplesmente fantástica e a energia do publico e da banda eram indescritíveis, realmente esse show precisava ser registrado em um DVD.

O mais legal foi que após a última música, eles precisaram voltar e tocar mais 3 músicas novamente em que eles haviam errado algum detalhezinho especifico e precisavam passar novamente para o registro do DVD sair impecável. As músicas repetidas foram “The Mission”, “Long Live The King” e “The Waekening”.   Pra ser bem sincero, percebi apenas um erro dos 3 apontados, na música “The Mission” quando o Rivel perdeu a entrada, mas olha, não prejudicou. Enfim, sorte nossa que tivemos de brinde 3 músicas repetidas.

A casa de shows não ficou lotada, infelizmente. Os ingressos estavam com preços acessíveis e olha gente, era NARNIA, se fosse o dobro do preço eu  pagaria sem chorar, acredito que a produção tenha pecado na divulgação do show… não é todo mundo que fica vidrado no Facebook. Mas encheu e acredito que com a devida edição e enquadramento das câmeras, vai ficar muito legal.

Após o show os caras da banda desceram para autografar os CDs da galera e bater fotos, com todo mundo, o que foi um problema já que assim como eu, algumas pessoas haviam pagado mais caro no ingresso para ter direito ao chamado “Meet and Greet”, e pra ser sincero, se eu soubesse como seria, não teria pagado 60,00 reais a mais, era só entrar na fila.  No mais, tudo correu muito bem, a galera interagiu bastante com a banda durante o show, cantando alto todas as músicas, inclusive as do álbum mais recente, a maioria do pessoal respeitou o lance de não ficar com o celular esticado o tempo todo gravando o show, apesar de um jovem sem noção com uma guitarra levantada o tempo todo no meio do palco atrapalhando a visão da galera e claro das câmeras.

Destaque para a versão aportuguesada feita no hino “Long Live The King” onde o próprio Christian Liljegren puxou no coro “I Wanna Live, Wanna Fight, Vida Longa ao Rei” e ok que soou meio portunhol mas quem se importa? Foi demais a homenagem à nossa língua materna.

O que posso dizer sobre a experiência de ver uma das minhas bandas preferidas de todos os tempos ao vivo depois de tanto tempo sem ao menos imaginar que isso seria possível? Esses caras são crentes mesmo! E sem dúvidas são uma banda referência para o metal cristão e serão sempre lembrados como uma das maiores e mais relevantes bandas do metal cristão de todos os tempos, sejam pelas músicas e letras, seja pela postura firme ante ao secularismo que tem invadido a música cristã de modo geral. Esses caras permaneceram firmes em suas convicções e continuam fazendo heavy metal pra gente grande ouvir.

O Leão ainda está rugindo. Vida Longa ao Rei!

  • Alesson Gois

    Que massa! Ansioso para ver esse DVD!

  • Excelente review. Pô queria muito ter ido nesse show, sou mega fã de Narnia! Uma das melhores bandas da cena metal cristã. Os caras mandam muito bem!

  • Maycon Douglas

    auguma ideia de quando sai o dvd?