Eu nunca fui muito chegado em música pop, mas sou bastante tolerante com o Pop Punk, e foi ai que eu me encontrei no som do Relient K (lá bem no início da minha adolescência); eles eram para mim uma espécie de referência nesse estilo, até mesmo entre as bandas seculares como Blink 182, Lagwagon e Millencolin. O problema é que de um tempo para cá, o pop tomou conta de tudo, e o “punk” já não existe mais no som do Relient. Acho que já podemos até fazer aquelas distinções do tipo: “Eu gosto mesmo é do Relient K das ‘ANTIGAS'” ou “Você esta falando do ‘NOVO’ Relient K?”; E a verdade é que se você realmente acompanha a banda, você já faz isso desde o último e discreto álbum “Collapsible Lung” que em última análise tem até umas musicas legais, mas se ouvi mais de 2 vezes foi muito, e foi ai também quando o baterista Ethan Luck (Demon Hunter, The O.C. Supertones) deixou a banda.

O nome do novo trabalho é “Air for Free” e foi lançado no dia 22 de Julho de 2016 pela gravadora Mono vs Stereo. O álbum foi produzido por Mark Lee Townsend (guitarrista do Dc Talk), que fez um belíssimo trabalho com os timbres de guitarra como se pode notar nas faixas “Elephant Parade” e “Local Construction“.

É interessante também notar que agora o Relient K é uma banda de duas pessoas, Matt Thiessen (vocais, pianos e guitarra) e Matt Hoopes (vocais e gutiarras), portanto, não é de se estranhar essa mudança drástica na sonoridade da banda, o que não tira de maneira nenhuma a qualidade das músicas e a criatividade de sempre nas letras e nas melodias; e nesse aspecto temos bem mais do “Relient K das Antigas” do que no penúltimo trabalho, como vemos nas faixas “Cat“, “Man“, na elétrica “Runnin‘” e na quase animada “Marigold“.

Air for Free” é um álbum bastante agradável, com letras diversificadas, ora tratando de situações do cotidiano, ora tratando de temas relacionados ao Cristianismo e do relacionamento do homem com sua fé. Recheado de músicas que a qualquer momento podem grudar nas estações de rádio como as faixas “Mountaintop” e “Bummin‘”.

Uma curiosidade sobre esse álbum, é que ele foi lançado apenas nas plataformas digitais e em vinil, nada dos convencionais CDs que reinaram por tantos e tantos anos, vejam só. Sem dúvidas é um álbum que eu recomendaria para meus amigos, mas provavelmente não será um dos álbuns que me lembrarei como um dos melhores da banda daqui a alguns anos.

relient k air for free capa

O álbum conta com 16 faixas e já está disponível nas principais plataformas de streaming.

Tracklist:

1. “Bummin'”
2. “Local Construction”
3. “Mrs. Hippopotamuses'”
4. “Cat”
5. “Man”
6. “Air for Free”
7. “God”
8. “Elephant Parade”
9. “Mountaintop”
10. “Sleepin'”
11. “Empty House”
12. “Flower”
13. “Marigold”
14. “Runnin'”
15. “Prodigal”
16. “Heartache”

Relient K: Air for Free (2016)
É um álbum compacto, muito bonito e com boas músicas, recomendo mas prefiro o MMHMM.
Letras de alto nível90%
Queria ter uma banda assim24%
Que capa bonita50%
Saudades dos bons tempos de Relient K99%
Criatividade60%
Ethan Luck faz falta65%
Melhores Músicas
  • Local Construction
  • Marigold
  • Runnin'
Não gostei de:
  • Não será lançado em CD
  • As baterias são bem modestas
  • Quase nenhuma música bem agitada
72%Total
Avaliação do Público: (9 Votes)
68%
  • Joaquin Rodriguez

    Ouvirei 🙂