Gravar um álbum com versões de músicas que marcaram época e fizeram história na igreja é quase que uma fórmula pronta pro sucesso. E foi isso que  Paulo Cesar Baruk juntamente com o pianista Leandro Rodrigues resolveram fazer na segunda edição do projeto “Piano e Voz, Amigos e Pertences”; e como esperado, a fórmula funcionou, de novo.

Piano e Voz, Amigos e Pertences 2″ foi lançado em maio de 2017 pela gravadora Musile Records e é o 5º álbum ao vivo do Paulo Cesar Baruk que já lançou 16 álbuns até a presente data, o cara não para. Dessa vez o repertório veio com algumas pitadas contemporâneas a mais se compararmos com o álbum da primeira edição do projeto lançado em 2009. As escolhas de músicas como  “Todo Som” da banda Resgate e “Deus Eterno” do Oficina G3 não me deixam mentir.

Capa do álbum Piano e Voz, Amigos e Pertences 2

Estamos falando aqui de um daqueles álbuns que podem ser ouvidos do começo ao fim sem pular uma faixa sequer. Os rearranjos propostos  ficaram excelentes na modalidade voz e piano (e um pouco de cordas), bem dosadas e muito agradáveis. Diria que é um prato cheio para os recém chegados na igreja que por muitas vezes ficam deslocados em meio ao mar de músicas que são lançadas todos os dias e acabam infelizmente ficando a margem dos grandes clássicos, como alguns que são abordados nesse trabalho.

É muito interessante em um mesmo disco ver músicas do Resgate e do Oficina G3 na mesma ‘lista’ onde figuram Rebanhão, VPC, Logos, Elo e Milad; além de muita nostalgia a gente percebe que apesar do tempo que distam tais composições, a mensagem continua a mesma. Quero fazer alguns destaques aqui para as músicas “Quebrantado” do Vineyard que ficou excelente com essa nova roupagem totalmente inesperada abrindo o CD; “Deixa Tudo” da saudosa Banda Rara que por sí só em sua versão original já é pra ouvir com o coração apertado; O combo de Milad e Grupo Elo que contou com a participação mais que especial da lenda viva Paulo Cezar  (Grupo Logos); a sequência matadora no Medley do Cantor Cristão na faixa 13; e para minha surpresa “Teu Amor não falha” que acaba sendo a versão de uma versão do Jesus Culture que ficou bastante simpática nessa pegada mais animada estilo Rend Collective; e pra fechar com chave de ouro, com participação de Laura Souguellis, Milad sendo mais uma vez (devidamente e respeitosamente) representado com uma das mais belas letras do repertório brasileiro, “Não Tenhas Sobre Ti”, totalmente atemporal.

Paulo Cesar Baruk e Leandro Rodrigues

Mais do que apenas mais um compilado de versões, o repertório é um verdadeiro passeio ao longo da história da música cristã no Brasil. É claro que podemos citar mais algumas dezenas de canções que não foram incluídas nesse repertório, mas fica a torcida para que saiam mais edições, por mais que esse álbum tenha saído para selar o fim da parceria entre o Baruk e Leandro Rodrigues.

O que diremos pois diante de tantos clássicos executados com tanta sensibilidade? Serve pra dar de presente, serve pra deixar tocando no carro, serve pra sincronizar no Deezer e não tirar mais, como já comentei é ideal para os novos na fé para que possam se ‘climatizar’ com as ‘velharias’ que vira e meche sempre cantamos por ai e por fim, serve acima de tudo para glorificar o Senhor da Igreja, Jesus Cristo, tema principal de todas canções do álbum. Que nostalgia amigos, que tempo bom.  Deus seja louvado.

1. Quebrantado Vineyard
2. Sonda-me/Estrela da Manhã Banda Rara
3. Todo Som Resgate
4. Deus, Somente Deus Vencedores por Cristo
5. Deixa Tudo Banda Rara
6. Não Tenhas Sobre Ti Milad
7. Calmo, Sereno e Tranquilo Grupo Elo
8. Ao Sentir (part. Paulo Cezar) Grupo Elo
9. Situações Grupo Logos
10. Primeira Oração (inédita) Paulo César Baruk e Leandro Rodrigues
11. Deus Eterno Oficina G3
12. Palácios Rebanhão
13. Firme nas Promessas Cantor Cristão
13. Mais Grato a Ti Cantor Cristão
13. Cristo Cura Sim Cantor Cristão
13. Sou Feliz com Jesus Cantor Cristão
13. Castelo Forte Cantor Cristão
14. Tua Forte Mão Dell Cordeiro
15. Teu Amor não Falha Nívea Soares/Jesus Culture (original)
16. Não Tenhas Sobre Ti (part. Laura Souguellis) Milad

A gravação foi feita no Teatro Ruy Barbosa, em São Paulo, com a direção de Frauzilino Jr. O álbum já está disponível nas plataformas digitais, só clicar e ouvir.

Primeiras Impressões: Paulo César Baruk - Piano e Voz, Amigos e Pertences 2 (2017)
De modo geral, é um álbum que eu recomendo tanto para os antigos como para os novos na fé. Tem de tudo nesse álbum, as músicas são incríveis e as versões ficam muito legais.
Arranjos novos90%
Capa do Álbum50%
Participações especiais69%
Escolha do repertório100%
Potencial nostálgico100%
Relevância Geral90%
Melhores Faixas
  • Deixa Tudo
  • Não Tenhas Sobre Ti
  • Situações
Pontos Negativos
  • Achei a capa meio toskinha, nada de mais
  • Seria melhor ainda se tivessem mais participações dos compositores
83%Pontuação Total
Avaliação do Público: (4 Votes)
92%
  • Alesson Gois

    A única coisa que discordo é a capa hehehe achei bem bacana.

  • Thiago Fermorais

    Esse álbum ficou caprichado! Eu só dispensaria a regravação de Teu Amor não Falha por qualquer outro clássico da música cristã brasileira.No mais, perfeito!

  • Leveny

    Achei um disco “mais do mesmo”.