A indústria da música pode ser um lugar estranho e maravilhoso. Katy Perry é uma das maiores popstars de todos os tempos – dois de seus vídeos superaram a marca de um bilhão de visualizações no YouTube e ela vendeu milhões de álbuns pelo mundo. Mas há quase 10 anos, ela fez sua maior apresentação em um programa de TV na época (o Tonight Show), não como a artista solo que os fãs conhecem e amam, mas como uma cantora com a banda de metal alternativo cristão P.O.D. (antigamente conhecida como Payable on Death).

Sem o conhecimento de muitos de seus mais apaixonados fãs, Katy Perry despontou na indústria como Katy Hudson: cantora e compositora de Christian Contemporany Music e filha do pastor Keith Hudson. Procurando ganhar o mercado gospel, ela encontrou várias dificuldades, incluindo um simples primeiro álbum lançado pela já extinta gravadora cristã Red Hill Records. Mas em 2006, passou a adotar o nome Katy Perry e a trabalhar com diversas bandas em diversas músicas. Mas poucos anos após seu álbum auto-intitulado ter sido lançado sem pouco alarde, Katy Hudson encontrou um perfil na música cristã: fazer backing vocal para o P.O.D.

Seu trabalho com christian rock tem sido conhecido em alguns círculos por anos, mas por alguma razão, nessa semana, o fato de Katy Perry ter trabalhado como vocalista para a banda P.O.D. se tornou trending topic nas medias sociais, com alguns usuários postando sobre suas antigas apresentações e vídeos (como esse abaixo, de 2006). Caso você não acredite no que está, preste atenção aos 3:11 de “Goodbye For Now”.

“Quando fizemos a música ‘Goodbye For Now’, nós pensamos que seria legal ter uma vocalista feminina na faixa,” Sonny disse à Songfacts em 2012. “E ele [Glen Ballard, produtor] disse que tinha a pessoa perfeita. E então ele veio com a Katy Perry. Ela é uma ratinha de estúdio, tinha acabado de chegar, um doce de menina. Você podia dizer que ela veio de uma boa família, e apenas queria mostrar ‘Jesus’ tatuado em seu pulso e ela disse ‘eu acho que vi vocês em uma reunião de jovens anos atrás’. Eu disse ‘que legal isso’. Mas aqui ela estava indo para Hollywood tentar sua vida e fazer sua carrerira.”

ATUALIZAÇÃO: Em postagem em sua página no Facebook, a banda P.O.D. pareceu defender a cantora Katy Perry por ter sido chamada de “backing vocal”, dizendo que ela foi uma “vocalista feminina na faixa”.

“Essa é uma história desrespeitosa com a nossa garota Katy que NUNCA foi uma backing vocal… Nós a convidamos a participar nessa gravação como era e ainda é uma das poucas cantoras pop com fortes raízes musicais… Ela pagou suas dívidas não como uma backing vocal, mas em uma van, indo de cidade em cidade. Esse é o problema com o jornalismo atual. Gastos com relatórios. Sem pesquisa. Sem história.”

Você também pode conferir a performance da música no programa Tonight Show:

 

Ficou curioso por algum trabalho gospel da Katy Hudson (a.k.a. Kuty Perry)? Abaixo um video da música “Trust in Me”, com uma letra forte sobre confiar em Deus em todo o tempo, pois só Ele pode nos tornar completos.

Esse artigo pode ser encontrado em sua versão original no site da Relevant Magazine e da Rolling Stone. Tradução livre.