Highlining

 

Esses dias comecei a pensar… não seria eu um cético Cristão!? Tenho visto tantas coisas em nome de Deus que fico horrorizado. Pessoas rodopiam como se estivessem em um culto regado a aguardente, pulam de forma frenética como se o momento fosse uma apresentação de uma aclamada banda de Heavy metal. Irmãos, será que me tornei de fato um cético? Ou estaria enganado? Romanos 12 nos exorta a cultuarmos a Deus com racionalidade.

O mundo jaz no Maligno (1 João 5.19). Seus olhos estão fitos em nós, temos que nos atentar para o fato de que é necessário que a mensagem da cruz seja pregada  com coerência, acaso o mundo entende as tão cultuadas linguas estranhas e as manifestações alucinadas de um pseudo-pentencoste? Antes que meu ceticismo seja enfatizado por alguns, quero deixar claro que creio na racional contemporaneidade dos dons espirituais e acredito que Deus de fato levanta Profetas, Pastores e Missionários dispostos a pregarem a pureza e a simplicidade das Sagradas Escrituras.

A igreja do Senhor tem se deixado levar por ventos de doutrinas infundadas que fogem totalmente do que nos ensina a Bíblia. Hoje, em toda esquina podemos encontrar apóstolos, bispos, patriarcas, embaixadores do deus da prosperidade e mais uma infinidade de “ministros”…Mas, cada dia que se passa está cada vez mais raro encontrarmos Homens de Deus que preguem a Sã Doutrina e que zelem pela verdade que liberta ensinada por Cristo.

A cada segundo que se passa centenas de almas adentram o inferno. Temos que acordar para nossa triste realidade, precisamos voltar ao primeiro amor, devemos e precisamos orar ao Deus simples para que nos conceda fé e coragem para proclamarmos a paz e a verdade que traz vida abundante aos povos oprimidos e iludidos pelas multidões de profetas do engano.

Que a graça de Cristo em nossos corações.

Devocional enviado por Washington Pádua.

Sobre o Autor

Modernizar o passado é uma evolução musical. (8)

Posts Relacionados