11083607_954172724615095_378609867779627435_n

Uma das minhas mais recentes e agradáveis descobertas foi o som da Pacific Gold. Bastaram poucos segundos para o som me cativar e ter certeza que tinha encontrado uma pérola.

A banda é dos Estados Unidos e tem a proposta de ressignificar hinos poucos conhecidos do cancioneiro cristão. Para eles, as versões de hoje soam “estranhas”, por isso tomaram como referência o indie atual e o rock dos anos 60 para arejar essas canções sem perder a “essência”.  Assim, os caras esperam criar um novo nicho musical para outras bandas, pois acham que existem mais músicas além de “Amazing Grace” (considerada perfeita para eles) que merecem  uma releitura.

Mesmo abordando abertamente temáticas como o céu, o fim do mundo e a vinda do reino de Deus, a Pacific Gold não se considera uma banda evangelística, segundo eles “nosso trabalho é amar as pessoas e cuidar delas e se nos perguntarem por que estamos fazendo isso, então vamos dizer.”

Para os integrantes da banda é preciso desmistificar a ideia que tanto cristãos como suas músicas são pouco criativas ou mal trabalhadas. É preciso sair da mesmice, dar espaço para atuação do Espírito Santo e treinar bastante. (Fica a dica para as bandas nacionais). Por enquanto eles só tem o álbum “Sing My Welcome Home” lançado neste ano.

É isso, galera. Espero que vocês curtam o som. 😀

 

 

Sobre o Autor

Modernizar o passado é uma evolução musical. (8)

Posts Relacionados